Julho 2022

Descoberto alvo terapêutico para combater a sarcoidose

2022-07-12T11:26:40+00:00

Um estudo coordenado pelo Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) da Escola de Medicina da Universidade do Minho identificou novas possibilidades para o tratamento da sarcoidose, uma doença inflamatória que afeta principalmente os pulmões.O trabalho da equipa coordenada por Agostinho Carvalho, que inclui o colega Relber Gonçales como primeiro autor, foi agora publicado no “American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine”, uma referência mundial em medicina respiratória. O artigo conta ainda com cientistas de Portugal, Itália, Brasil, Países Baixos, Áustria e EUA. O estudo identificou um novo mecanismo molecular na base da inflamação com granulomas (nódulos ou tumores) na sarcoidose e abre possibilidades de tratamento alternativas às praticadas atualmente. A proteína PTX3, uma importante molécula do sistema imunitário inato, está na base do mecanismo agora identificado e pode representar uma terapia “mais direcionada de forma a controlar a progressão da sarcoidose, nomeadamente a formação de [...]

Descoberto alvo terapêutico para combater a sarcoidose2022-07-12T11:26:40+00:00

Equipa da Universidade de Coimbra desenvolve aerogel inovador para aplicação médico-farmacêutica

2022-07-11T15:08:55+00:00

Uma equipa de investigadores da Universidade de Coimbra (UC) desenvolveu um novo aerogel a partir de polímeros naturais, com aplicações na área médico-farmacêutica, especialmente em medicina regenerativa. O estudo, publicado na revista Materials Chemistry and Physics, foi desenvolvido, ao longo dos últimos quatro anos, no Centro de Investigação em Engenharia dos Processos Químicos e dos Produtos da Floresta (CIEPQPF) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), no âmbito do projeto “SterilAerogel”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), no valor de 230 mil euros. O “SterilAerogel”, segundo a coordenadora do projeto, Mara Braga, tem como grande objetivo dar resposta a um problema de saúde «que afeta cada vez mais a população mundial, especialmente a população idosa – fraturas ósseas e problemas degenerativos e inflamatórios –, através do desenvolvimento de aerogéis inovadores à base de polímeros naturais, prontos a ser usados na regeneração de [...]

Equipa da Universidade de Coimbra desenvolve aerogel inovador para aplicação médico-farmacêutica2022-07-11T15:08:55+00:00

Cientistas mostram que a experiência de matéria escura LZ é a mais sensível do mundo

2022-07-08T14:25:21+00:00

A colaboração internacional LUX-ZEPLIN (LZ), que integra uma equipa do LIP-Coimbra (Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas, polo de Coimbra), sediado na Universidade de Coimbra (UC), acaba de apresentar os seus primeiros resultados científicos. Os investigadores mostram que, com apenas 60 dias de aquisição de dados, a LZ é a experiência de matéria escura mais sensível do mundo. Isabel Lopes, investigadora principal do grupo do LIP que participa na experiência e professora do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), afirma que estes resultados, disponibilizados em https://lz.lbl.gov/, «são um passo determinante para a deteção das partículas de matéria escura». As partículas de matéria escura, uma forma de matéria que não emite, absorve ou interage de qualquer forma com a luz, nunca foram detetadas – mas isso pode estar prestes a mudar, segundo os cientistas que integram esta colaboração internacional. A contagem [...]

Cientistas mostram que a experiência de matéria escura LZ é a mais sensível do mundo2022-07-08T14:25:21+00:00

O que é a Biologia?

2022-07-07T13:44:03+00:00

A Biologia é uma ciência, a ciência que estuda a vida. Há uns anos a Ordem dos Biólogos criou uma imagem, que estampou em T-shirts que se tornaram muito populares, representando uma sequência de DNA com as suas bases A, C, G, T, mas pelo meio dessas letras, surge a frase “O Biólogo Trabalha toda a vida”. Nessa imagem estão também representados organismos muito diversos, desde bactérias a mamíferos, desde aves a insectos, animais e plantas marinhos e terrestres, dando um duplo significado à frase, não querendo esta significar que o biólogo trabalha durante toda a sua vida, mas sim que os biólogos, no seu conjunto, trabalham, estudam e investigam todas as formas de vida, desde os organismos mais simples aos mais complexos. Todavia, a biologia não se debruça apenas sobre a vida dos seres vivos. Na verdade, o objecto de estudo da biologia é muito vasto e vai desde [...]

O que é a Biologia?2022-07-07T13:44:03+00:00

Desenvolvimento de tecnologia para dispositivos cerebrais

2022-07-05T10:52:13+00:00

E se fosse possível parar um ataque epilético com componentes eletrónicos implantados no nosso cérebro a trabalhar em conjunto com os neurónios biológicos? Ou até mesmo gravar as memórias do nosso cérebro numa espécie de “disco rígido” e recuperá-las em casos de Alzheimer? É precisamente nesse sentido e com esses objetivos que uma equipa que integra investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), do INESC Microsistemas e Nanotecnologias e do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S) está a trabalhar há vários anos. Passo a passo, os investigadores já fizeram vários avanços. O mais recente foi provar que é possível estabelecer uma ligação entre memristores (dispositivos eletrónicos com propriedades neuromórficas, ou seja, com comportamentos semelhantes aos dos neurónios) e neurónios biológicos. Os resultados foram recentemente publicados num artigo na revista ACS Applied Eletronic Materials. E qual a vantagem destes dispositivos? Existem já dispositivos implantáveis no cérebro [...]

Desenvolvimento de tecnologia para dispositivos cerebrais2022-07-05T10:52:13+00:00

O céu de julho de 2022

2022-07-01T10:55:05+00:00

A primeira madrugada do mês é marcada pela presença de Vénus junto a Aldebarã, o olho da constelação do Touro. Este planeta irá deslocando-se gradualmente para leste, chegando aos pés da constelação dos Gémeos no último terço do mês. Mercúrio é outro planeta que será visível de madrugada, mas apenas até dia 9. Este astro só regressará ao final da tarde de dia 25. Na manhã do dia de Santa Isabel (dia 4) o nosso planeta atingirá o seu afélio: o ponto da orbita mais afastado do Sol. Mas como por estes dias o hemisfério norte terrestre se encontra voltado na direção do Sol, chega mais radiação solar ao nosso país do que aquando da sua chegada ao periélio (a maior aproximação da Terra ao ao Sol) há seis meses. Na madrugada de dia 7 terá lugar o quarto crescente junto à Porrima, um sistema estelar binário situado no ombro [...]

O céu de julho de 20222022-07-01T10:55:05+00:00

Junho 2022

União Europeia prefere apoiar as plantas atrativas e isso pode afetar a biodiversidade

2022-06-29T17:55:15+00:00

A União Europeia precisa de um novo plano para conservar a sua biodiversidade, pois financia mais as plantas de latitudes mais a norte, com distribuição alargada e com flores azuis e roxas. As plantas também só recebem um terço da verba atribuída à conservação dos animais. O alerta é de Ronaldo Sousa, do Centro de Biologia Molecular e Ambiental (CBMA) da Universidade do Minho (UMinho), num artigo publicado na revista Biological Conservation com coautores da Itália, Finlândia e Suíça. Este trabalho avaliou o programa LIFE (programa da UE para o meio ambiente) entre 1992 e 2020, explorando a distribuição do financiamento na conservação de espécies e habitats. "Em conservação usa-se o termo 'cegueira das plantas' para a desproporção no financiamento e no interesse por estas espécies quando comparada com os animais. É uma situação arriscada, pois com a extinção de plantas perde-se biodiversidade e ainda funções e serviços fulcrais como [...]

União Europeia prefere apoiar as plantas atrativas e isso pode afetar a biodiversidade2022-06-29T17:55:15+00:00

Caçador de planetas com ADN português revela as primeiras imagens

2022-06-28T13:32:11+00:00

Há um novo “caçador de planetas” na Terra. Chama-se NIRPS, a sigla inglesa para Near-Infrared high resolution spectrograph (ou espectrógrafo no infravermelho próximo de alta resolução) e começou agora a trabalhar no Telescópio ESO de 3,6 metros do Observatório de La Silla, no Chile. A participação do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) neste instrumento inovador, que explora a zona do infravermelho, vem na sequência da participação do IA em diversos instrumentos para o Observatório Europeu do Sul (ESO). Alexandre Cabral (IA & Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa), o investigador responsável pela equipa de Instrumentação e Sistemas para Astronomia do IA, esclarece: “Neste instrumento, o IA foi responsável pelo desenho, construção e teste do ADC (Atmospheric Dispersion Corrector, ou corretor de dispersão atmosférica), um sistema óptico que corrige a dispersão causada pela atmosfera, e que é fundamental para conseguir obter os melhores resultados com o NIRPS.” [...]

Caçador de planetas com ADN português revela as primeiras imagens2022-06-28T13:32:11+00:00

Novos desenvolvimentos do estudo da saliva

2022-06-27T15:49:23+00:00

Investigadores da Universidade de Évora (UÉ) e da Universidade de Múrcia, Espanha, acabam de publicar um estudo sobre o efeito dos tratamentos térmicos e químicos utilizados na inativação SARS-COV-2 na medição de diferentes moléculas na saliva. Os resultados deste estudo publicado na revista Scientific Reports (Nature portfolio - https://www.nature.com/articles/s41598-022-13491-9) mostram que os diferentes tratamentos para inativação do vírus, vão influenciar os resultados, consoante o tipo de molécula salivar que se esteja a considerar. No estudo agora publicado, os cientistas portugueses e espanhóis recorreram a técnicas de quantificação proteica e de eletroforese, para separação de proteínas, "no sentido de avaliar quais os protocolos que provocam maiores alterações no perfil proteico (e quais as proteínas mais afetadas por cada tratamento), técnicas de avaliação de atividade enzimática, de imunoquímica e de avaliação de atividade antioxidante" explica Elsa Lamy, investigadora no Instituto Mediterrâneo para Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED), da Universidade de Évora, e [...]

Novos desenvolvimentos do estudo da saliva2022-06-27T15:49:23+00:00

Estudo alerta para os impactos da poluição antrópica na plataforma continental do Algarve

2022-06-22T11:22:53+00:00

Metais pesados e contaminantes orgânicos foram detetados ao longo da zona litoral do Algarve, entre Sagres e Portimão, indica um estudo publicado na revista Marine Pollution Bulletin. O trabalhado reporta a presença de vários poluentes inorgânicos e orgânicos relacionados com a atividade humana, entre os quais, diferentes metais pesados e até microplásticos, comprovando que «a presença humana tem deixado uma assinatura poluente na zona costeira do Algarve, com impacto negativo, por exemplo, ao nível da biodiversidade. Os dados obtidos parecem indicar que nos anos 1960s notou-se um pico de poluição, mas, curiosamente, nos últimos anos, essa poluição parece estar a abrandar ligeiramente, à exceção da zona do rio Arade, devido a descargas regulares que são efetuadas», relata Pedro Costa, do Departamento de Ciências da Terra da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), coautor do artigo científico. Considerando as alterações climáticas, é expectável que «passemos a ter [...]

Estudo alerta para os impactos da poluição antrópica na plataforma continental do Algarve2022-06-22T11:22:53+00:00
Go to Top