Janeiro 2022

Covid-19 – Estudo internacional revela que a compaixão e a conexão social reduzem o risco de stress pós-traumático

2022-01-17T12:59:12+00:00

A compaixão e a ligação aos outros são fatores que reduzem o risco de desenvolvimento de stress pós-traumático no contexto da atual pandemia de Covid-19. Em oposição, a desconexão social, marcada pela solidão e pelo medo da compaixão, potencia esta perturbação psicológica. A conclusão é de um estudo internacional multicêntrico liderado por uma investigadora da Universidade de Coimbra (UC).   Segundo o estudo publicado na revista científica PLoS One, as pessoas que se sentem socialmente mais seguras e conectadas, «e que são capazes de ser compassivas consigo mesmas, com os outros e que recebem compaixão dos outros em face do sofrimento e adversidade, revelam maior crescimento pós-traumático no contexto da pandemia», afirma Marcela Matos, clarificando que o crescimento pós-traumático diz respeito à mudança positiva que uma pessoa desenvolve perante um evento traumático, isto é, «perante o sofrimento, as pessoas iniciam um processo de transformação, promovendo o crescimento pessoal, a resiliência [...]

Covid-19 – Estudo internacional revela que a compaixão e a conexão social reduzem o risco de stress pós-traumático2022-01-17T12:59:12+00:00

A revisão entre pares abordada no filme “Não Olhem para Cima” é um dos pilares da ciência

2022-01-14T13:33:56+00:00

Contribuir para o avanço do conhecimento é algo que todos os cientistas ambicionam. Mas para isso, é necessário que as suas descobertas sejam validadas por outros cientistas. Esta validação é feita através do processo de revisão entre pares, um dos pilares do processo científico, mencionado por Leonardo DiCaprio e Jennifer Lawrense no filme “Não Olhem Para Cima”.   Se já viu o filme “Não Olhem Para Cima”, de Adam McKay, terá notado que o professor Randall Mindy e a sua doutoranda Kate Dibiasky, interpretados por Leonardo DiCaprio e Jennifer Lawrense, questionam o processo científico de revisão entre pares da missão implementada pela BASH, a grande empresa que prometia impedir que o cometa “destruidor de planetas” acabasse com a vida na Terra. Mas afinal o que é que é o processo de revisão entre pares e em que medida é que este seria uma importante ferramenta para escolher a missão mais [...]

A revisão entre pares abordada no filme “Não Olhem para Cima” é um dos pilares da ciência2022-01-14T13:33:56+00:00

Cientistas criam base de dados global para prever o papel dos polinizadores de culturas agrícolas em todo o mundo

2022-01-13T13:35:38+00:00

Cinco investigadores do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra (UC) participaram na criação da primeira base de dados global, aberta e dinâmica, sobre polinização de culturas agrícolas, um projeto internacional que reúne mais de uma centena de cientistas. Designada CropPol, esta base de dados, que é coordenada por dois investigadores da Estação Biológica de Doñana - CSIC, Espanha, inclui informação sobre 48 culturas agrícolas distribuídas por 3.000 localidades de cinco continentes e 32 países ao longo de três décadas, e permitirá compreender de que forma muda a importância dos polinizadores, dependendo da cultura e da região de estudo. Também possibilitará identificar culturas e regiões para as quais existem poucos dados, estimulando a recolha de informações para suprir essas lacunas de conhecimento. Sabe-se que 75% das culturas agrícolas mundiais dependem, total ou parcialmente, de polinizadores para a produção de alimento. No entanto, apesar dos grandes progressos no conhecimento sobre [...]

Cientistas criam base de dados global para prever o papel dos polinizadores de culturas agrícolas em todo o mundo2022-01-13T13:35:38+00:00

Estudo pretende verificar se é viável utilizar CO2 na produção de energia geotérmica

2022-01-12T14:16:02+00:00

Uma equipa de cientistas da Universidade de Coimbra (UC) desenvolveu um equipamento que, pela primeira vez, permite testar a viabilidade de utilizar dióxido de carbono (CO₂), um dos principais gases do efeito estufa, na extração de energia geotérmica, uma energia limpa gerada através do calor da terra.   Em teoria é possível utilizar dióxido de carbono em estado supercrítico para extrair energia geotérmica, mas até agora esta possibilidade nunca foi testada, ou seja, não existe informação experimental que explique o que é que acontece ao CO₂ a partir do momento em que entra nas rochas. O estado supercrítico caracteriza-se pela capacidade de alguns fluidos, como é o caso do CO₂, apresentarem simultaneamente propriedades líquidas e gasosas quando expostos a pressão e temperatura superiores às do seu estado crítico. O grande objetivo do projeto “KIDIMIX - Difusão Molecular e Difusão Térmica de CO₂ em misturas modelo próximo do ponto crítico”, que [...]

Estudo pretende verificar se é viável utilizar CO2 na produção de energia geotérmica2022-01-12T14:16:02+00:00

Missão Espacial CHEOPS descobre exoplaneta com a forma de uma bola de rugby

2022-01-11T12:12:11+00:00

A investigação, liderada por uma investigadora do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, detetou pela primeira vez a deformação de um exoplaneta.   Chama-se Wasp-103b e orbita uma estrela 1,7 vezes maior e cerca de 200 graus mais quente do que o Sol. Este exoplaneta, estudado por uma equipa internacional liderada pela investigadora do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IAstro) Susana Barros, tem a particularidade de ter aproximadamente a forma de uma bola de rugby. O estudo, com base em novas observações efetuadas pela missão espacial CHEOPS, da Agência Espacial Europeia (ESA), foi agora publicado na revista Astonomy & Astrophysics. Para Susana Barros (IAstro & Dep. Física e Astronomia - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto): “Este resultado é fruto de vários anos do nosso trabalho no IAstro, para desenvolver modelos de deformação de planetas e modelos de análise de dados de extrema precisão. Isto permitiu-nos [...]

Missão Espacial CHEOPS descobre exoplaneta com a forma de uma bola de rugby2022-01-11T12:12:11+00:00

Investigador da UC ganha bolsa europeia de 1,9 milhões de euros para desvendar a dinâmica estrutural de motores moleculares

2022-01-10T12:19:44+00:00

Sérgio Domingos, cientista da Universidade de Coimbra (UC), acaba de ganhar uma bolsa “Starting Grant”, no valor de 1,9 milhões de euros, atribuída pelo European Research Council (ERC). Esta verba vai permitir desenvolver, durante os próximos cinco anos, uma estratégia experimental, inovadora, «para desvendar as formas tridimensionais de algumas moléculas chave no campo da nanotecnologia molecular, e entender a sua mecânica de funcionamento», afirma o investigador do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC). Essencialmente, o projeto distinguido pelo Conselho Europeu de Investigação, intitulado “MiCRoARTiS – Microwave Fingerprinting Artificial Molecular Motors in Virtual Isolation”, ambiciona desvendar «os segredos da mecânica estrutural de motores moleculares “construídos” pelo Homem, de forma a torná-los cada vez mais funcionais, mas também desenvolver a técnica de espectroscopia de micro-ondas para além do estado da arte, tornando-a cada vez mais útil nesta e noutras áreas do conhecimento, como na [...]

Investigador da UC ganha bolsa europeia de 1,9 milhões de euros para desvendar a dinâmica estrutural de motores moleculares2022-01-10T12:19:44+00:00

Usar cascas de camarão para obter produtos sustentáveis

2022-01-07T14:01:42+00:00

Um projeto liderado por investigadores do Laboratório Associado para a Química Verde (LAQV-REQUIMTE), da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), vai usar os resíduos das cascas de camarão, que geralmente vão para aterro, para produzir aminas, que podem ser usadas na produção de fármacos, plásticos, detergentes e em muitas outras coisas. O que têm estas cascas de especial? “São ricas em azoto, oferecendo uma excelente oportunidade para obter vários tipos de aminas de uma forma sustentável e que atualmente apenas são produzidas na indústria a partir de petróleo”, explica Andreia Peixoto, investigadora do LAQV-REQUIMTE na FCUP, responsável pelo Shell4BioA. A ideia dos investigadores é utilizar apenas métodos sustentáveis. E já têm a decorrer vários processos de extração e conversão de um dos constituintes das cascas, a quitina, em aminas bioderivadas nos laboratórios do Departamento de Química e Bioquímica da FCUP. No entanto, há um destes processos em que [...]

Usar cascas de camarão para obter produtos sustentáveis2022-01-07T14:01:42+00:00

Nova imagem da Nebulosa da Chama

2022-01-05T11:48:03+00:00

Orion oferece-nos um espectacular fogo de artifício para celebrar a Quadra Festiva e o Ano Novo que se aproxima nesta nova imagem do Observatório Europeu do Sul (ESO). Não há, no entanto, motivo para preocupações, já que esta constelação icónica não está nem a arder nem a explodir. O “fogo” que vemos este postal de Natal trata-se da Nebulosa da Chama e seus arredores, capturada em ondas rádio — uma imagem que faz, de facto, justiça ao nome desta nebulosa! A imagem foi obtida com o APEX (Atacama Pathfinder Experiment), operado pelo ESO e instalado no planalto do Chajnantor, no deserto chileno do Atacama. A imagem recentemente processada da Nebulosa da Chama, onde podemos ver também nebulosas mais pequenas, tais como a Nebulosa da Cabeça de Cavalo, baseia-se em observações levadas a cabo pelo antigo astrónomo do ESO Thomas Stanke e a sua equipa há alguns anos atrás. Entusiasmados em [...]

Nova imagem da Nebulosa da Chama2022-01-05T11:48:03+00:00

Astronautas-cidadãos simulam que estão em Marte e contribuem para o avanço da ciência e para a comunicação de ciência

2022-01-04T16:23:42+00:00

Durante quase um mês, estarei a acompanhar uma missão de simulação a Marte (e a sua preparação) que terá lugar no Utah, Estados Unidos. Como elemento em Terra (e baseada em Portugal), vou ter oportunidade de usar o mesmo sistema de comunicação que terão em teste.   No segundo dia do ano, seis pessoas rumaram ao deserto do Utah, nos Estados Unidos, para integrar a missão 238 na estação de simulação de Marte (Mars Desert Research Center), da fundação Mars Society. Nenhum deles treinou para ser astronauta, nem sequer costumam fazer investigação na área. São astronautas-cidadãos que têm interesse pela exploração espacial e que, naturalmente, estão entusiasmados por participar nesta missão. Uma missão deste tipo levanta, naturalmente, muitas questões. Porque é que hão de pessoas não relacionadas com o espaço participar na missão? Ou mesmo, porque se há-se simular a vida em Marte na Terra? Ou ainda, de que serve [...]

Astronautas-cidadãos simulam que estão em Marte e contribuem para o avanço da ciência e para a comunicação de ciência2022-01-04T16:23:42+00:00

A velocidade da Terra

2022-01-03T18:56:24+00:00

Vivemos em movimento! Não nos apercebemos, mas viajamos pelo Espaço a uma velocidade estonteante para a nossa escala! Na realidade, é a Terra que se desloca, mas nós viajamos com ela. Como sabemos, a Terra percorre anualmente uma trajectória elíptica em torno do Sol. E faz isso a uma velocidade média de cerca de 107 280 quilómetros por hora, ou seja a cerca de 29,8 quilómetros por segundo! Escrevi velocidade média uma vez que a velocidade da Terra varia ao longo do ano. Ela é máxima quando a Terra se encontra mais próxima do Sol (periélio) e mínima quando se encontra mais afastada (afélio). E foi no dia 4 de Janeiro de 2022, pelas 7h00, que ocorreu o periélio. Nesse momento, a cerca de 147,1 milhões de quilómetros do Sol, a velocidade da Terra foi cerca de 30,8 quilómetros por segundo (110 880 quilómetros por hora). Seguindo a sua órbita, [...]

A velocidade da Terra2022-01-03T18:56:24+00:00
Go to Top