A plataforma Milage Aprender+, desenvolvida pela Universidade do Algarve, entregou o prémio nacional Classificação na disciplina de Matemática a Paulo Taveira, aluno da Escola Secundária de Vila Verde, em Braga, que concluiu o 10º ano de escolaridade com 20 valores. Este Prémio tem o patrocínio da Associação Portuguesa de Imprensa.

“Paulo Taveira, aluno da professora Lara Almeida, alcançou o primeiro lugar com 23.546 pontos e terminou o ano letivo com 20 valores a Matemática A. O aluno foi premiado com um iPad”, refere a Universidade do Algarve em comunicado.

A app Milage Aprender+ para além de contribuir para alcançar a excelência, permitiu ainda trabalhar em colaboração e cooperação com os restantes colegas.

Na cerimónia de entrega do prémio, o aluno fez esse agradecimento, realçando: “por um lado, precisava que os colegas resolvessem os problemas para eu poder corrigir e, por outro, que corrigissem os problemas que eu fazia para atingir o maior número de pontos possível”. Ou seja, “consegui trabalhar para a excelência, ao mesmo tempo que incentivava os outros colegas a realizarem exercícios, contribuindo para o sucesso de todos”.

Esta ferramenta consegue, assim, motivar e ajudar todos os alunos. Depois de no ano anterior vencer um aluno de nível 2 e um aluno de nível 3, e ambos melhoraram, este ano vence um aluno de excelência que encontrou atividades desafiantes na plataforma e que, ao mesmo tempo, estimulou os colegas.

O projeto Milage Aprender+ é coordenado por Mauro Figueiredo, docente do Instituto Superior de Engenharia da Universidade do Algarve. É apoiado pela Direção Geral de Educação, Associação de Professores de Matemática, Associação de Professores de Português, Associação Portuguesa de Imprensa, Câmara de Braga, Câmara de Lagoa, Câmara de Oeiras, Câmara de Silves, INCoDe, com o apoio das empresas Turbine Kreuzberg, SPIC, Visualforma, Dengun, The Inventors, Vilalara Thalassa Resort, Dom Pedro Hotels & Golf Collection, Oura Ocean Front, Conii Hostel, e do programa ERASMUS+, da União Europeia, projetos LEARN+ e INCOLLAB.