Sempre que os jornais aumentaram a cobertura noticiosa sobre a pandemia, a infecção diminuiu de intensidade. Investigadora defende que Costa deve chamar a si a comunicação do desconfinamento para não pôr em risco uma nova vaga.